Passarinho - O Amor e seus Caminhos

por Taciana Oliveira__

O curta Passarinho - O Amor e seus Caminhos, da Cabelo Duro Produções, é uma singela metáfora sobre a condição de resistência. A resistência nesse contexto se traduz no relacionamento de Neuza e um passarinho, que luta pela sobrevivência no meio urbano. Os personagens nos revelam uma conjugação de afetos desenhados em uma fotografia preta e branca que permeia todo o filme.

Os sentimentos que movem essa narrativa são reflexos de uma perenidade firmada no execício da empatia e delicadeza dos personagens: Ao resgatar a ave da morte, Neuza se reconecta consigo mesma. A diretora Águeda Amaral cria uma ponte entre o naturalismo documental e a construção de uma crônica poética. Nos quase quinze minutos do documentário, Neuza e seu passarinho nos ensina que o valor da vida se perpetua no ato solidário, na postura determinante de não se refugiar a uma “normalidade” social.

É muito provável que a salvação desse pássaro nos remeta, simbolicamente, a nossa jornada na busca por equilíbrio diante de quedas, tropeços, perdas e trajetórias interrompidas. O poeta Manoel de Barros já profetizava em seus versos: Quero a palavra que sirva na boca dos passarinhos. Neuza sabe todo o vocabulário.



_____________________________________________




__________________________________________


Águeda Amaral é diretora e fundadora da Cabelo Duro Produções. Dirigiu: Na Cena do Samba - Noel Rosa, 2010, finalista na premiação da Revista BRAVO, Apuê, 2011 (Curta) na AIC - Academia Internacional de Cinema, Maria Maria, 2011 (Curta Metragem) – premiado em edital da TV Câmara e Música na Alma, 2013 -2014, sobre a música de rua Cubana, com filmagens em Cuba e São Paulo.

É co-produtora do longa, Hestórias da Psicanálise – Leitores de Freud, Dir. Francisco Capoulade, 2015, No Gargalo do Samba, 2017 - conta a história do músico Nereu Gargalo, um dos pilares do Samba Rock, com lançamento na Rede EBC / TV Brasil e em mais 16 países da América Latina no dia 06 de Dezembro de 2018.

Atualmente é co-produtora do documentário A Descoberta do Mundo, um filme sobre Clarice Lispector, dirigido por Taciana Oliveira, em processo de finalização para lançamento nos cinemas brasileiros.

Passarinho - O Amor e seus Caminhos, (Curta-Metragem), 2019.

É produtora executiva da FILAFRO - Filarmônica Afro Brasileira em Espetáculos Nacionais e Internacionais.



____________________________________________



Taciana Oliveira é mãe de JP, cineasta, torcedora do Sport Club do Recife, apaixonada por fotografia, café, cinema, música e literatura. Coleciona memórias e afetos. Acredita no poder do abraço. Canta pra quem quiser ouvir: Ter bondade é ter coragem