Mostrando postagens com marcador filmologia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador filmologia. Mostrar todas as postagens

 por Taciana Oliveira__




 por Luana Braga



 

por Taciana Oliveira __


Divulgação__ 


 por Taciana Oliveira__


 por Divulgação__





por Taciana Oliveira__

Alan Parker no set de The Commitments
por Taciana Oliveira__

Nesta edição o segundo plaquete, de um total de quatro, do projeto Quando tudo for possível ou uma Declaração, da escritora Lisa Alves. Vocês podem assistir o vídeo produzido e narrado pela poeta e acessar o arquivo completo do plaquete hospedado nas plataformas Internet Archive e Calaméo.

ASSISTA O VIDEOPOEMA


















por Taciana Oliveira__




Por Divulgação | Mirada





por Taciana Oliveira__



por Taciana Oliveira__



Texas é um clipe, em formato curta-metragem, da banda pernambucana Diablo Angel. O filme reverbera uma delicada e visceral narrativa sintonizada com os tempos sombrios que regem o nosso país. As imagens em preto e branco e os planos extremamente bem elaborados são costurados harmonicamente a uma edição precisa e pontual. A direção, fotografia, roteiro e montagem são do pernambucano Felipe Soares, que concebeu uma obra onde a linguagem documental dialoga com elementos sci-fi.
O discurso narrativo critica abertamente a lavagem cerebral perpetuada pela ideologia armamentista da extrema direita brasileira. Na abertura temos o depoimento de Joelma Andrade, mãe de Mario Andrade, um menino de 14 anos, assassinado a tiros em 2016 por um policial militar, no bairro do Ibura, periferia do Recife. Em Texas a mensagem é explícita:
Um tiro, uma farpa
De onde veio a bala?
Foto amigo? Ou inimigo?
Uma conspiração
Um copo d’água
E onde isso nos leva?
Ao que nos resta
O que nos resta?

Trecho de Texas, música de Diablo Angel

Texas,  está no Prisma Rome Independent Film Awards 2020, Itália

O cenário escolhido para a produção do videoclipe revela a paisagem urbana da capital pernambucana e o semiárido de Surubim. Em tempos de intolerância e políticas genocidas, Diablo Angel nos chama para a consciência. Afinal, a arte nos fortalece no caos. Mario, vive! Resistir ainda é a nossa melhor opção. Assistam o vídeo, escutem a música e reflitam sobre o nosso cotidiano segregador, fincado nos alicerces da banalidade do mal. Texas nos representa.





____________________________________________________________

Felipe Soares (1984) é produtor, roteirista e diretor cinematográfico. Vive e trabalha no Recife, Brasil. Em 2008, se tornou professor e especialista em educação escolar, seus estudos acadêmicos problematizam o cinema e a cultura corporal. Em 2016 dirigiu o seu primeiro curta-metragem “Autofagia”, onde conquistou 11 prêmios, dentre eles, Melhor Filme no XII Cine PE e no Circuito Penedo de Cinema 2017, posteriormente, o filme foi adquirido pelo Canal Brasil. Recentemente, Felipe está em fase de distribuição do seu segundo curta-metragem de ficção "O Menino que Morava no Som", o curta estreou na Itália (Edera Film Festival 2019) e esteve presente em festivais na Espanha, México, Áustria, Brasil e França.

                    _________________________________________________


Foto: David Nat 01
Diablo Angel tem Kira Aderne, vocal e guitarra, Tárcio Luna, guitarra, e Walman Filho, bateria. Em 2020, a banda completa 6 anos de estrada com dois discos lançados e uma turnê pelo Nordeste. Em 2016, lançou o seu primeiro trabalho em estúdio, o disco Fuzzled Mind (Tratore). Já 2019, a Diablo Angel trouxe em fita k7 o disco Futuro (Tratore). Dois trabalhos bastante elogiados pela crítica local e em sites especializados pelo Brasil. Com dezenas de apresentações ao vivo pelo Nordeste, o trio já passou por alguns dos festivais mais importantes da região, entre eles o Abril Pro Rock, o Coquetel Molotov, o Festival de Inverno de Garanhuns, o Grito Rock, entre outros.  
contato@diabloangel.com          @diabloangeloficial           www.diabloangel.com
                      ___________________________________________





Taciana Oliveira é mãe de JP, cineasta, torcedora do Sport Club do Recife, apaixonada por fotografia, café, cinema, música e literatura. Coleciona memórias e afetos. Acredita no poder do abraço. Canta pra quem quiser ouvir: Ter bondade é ter coragem.  


Por Leo Silva__



Por Taciana Oliveira__

Leni Riefenstal


por Taciana Oliveira __


Trazemos nesta edição o primeiro plaquete, de um total de quatro, do projeto Quando tudo for possível ou uma Declaração, da escritora Lisa Alves. Abaixo vocês podem visualizar o poema que abre a publicação, assistir o vídeo produzido e narrado pela autora e acessar o arquivo completo do plaquete hospedado nas plataformas Internet Archive e Calaméo.

por Taciana Oliveira___


por Taciana Oliveira__

por Taciana Oliveira __


por João Gomes_

Frame do documentário "O encontro de Baby Dietrich com o Pequeno Príncipe 

Hoje se comemora os 77 anos do lançamento do livro "O Pequeno Príncipe", de Antoine de Saint-Exupéry, para comemorar com um capítulo a mais, o escritor e cineasta Wilson Freire lançou hoje um documentário sobre um dos colecionadores da obra, o pernambucano Jaime Junior. Segue um trecho do depoimento do diretor do filme, Wilson Freire, para o Mirada: Fui com a equipe de um cineasta só. Eu, tripé, uma steadicam manual, para smartphone e um rebatedor. Esse equipamento, o smartphone, nos dá essa possibilidade de sermos independentes, de não precisarmos, para esse tipo de filme, em lugares pequenos, com luz ambiente, som captado direto com um microfone lapela, também específico para o aparelho, com um só personagem, principalmente sem nenhum recurso financeiro de patrocínio, para pagar a outros profissionais. Treinei, aprendi e pus em prática. Em uma manhã fizemos as gravações e, logo em seguida, a edição. Tudo no smartphone.”

    Wilson Freire, em um trecho da entrevista ao poeta João Gomes.





*A entrevista completa você acessa aqui: João Gomes entrevista Wilson Freire e Jaime Junior

______________________________________________________________


João Gomes (Recife, 1996) é poeta, escritor, editor criador da revista de literatura e publicadora Vida Secreta. Participou de antologias impressas e digitais, e mantém no prelo seu livro de poesia. 


por João Gomes__